terça-feira, 26 de agosto de 2014

5 DICAS PARA A PAIXÃO NÃO TE PARALISAR

Por Eduardo Yabusaki


"Insegurança na paixão: mais do que negá-la é preciso reconhecê-la e enfrentá-la"


Como toda situação nova, o apaixonamento por alguém, pode ser uma situação naturalmente geradora de
ansiedade.

Afinal, são muitos interesses e sentimentos envolvidos e consequentemente receios e inseguranças podem surgir e fazer com que a ansiedade cresça.


Primeiro passo

Primeiro passo importante é reconhecer que aquela pessoa é importante e que tem despertado interesse, atração e sentimentos mais intensos e, claro, isso acaba por criar todo um clima de conquista e envolvimento maior, portanto é importante sentir esse friozinho na barriga, que indica ser ela uma pessoa especial e pela qual vale a pena ter uma dedicação especial.

Negar que possa existir uma insegurança pelo ainda futuro incerto, ou mesmo receoso de ser ou não correspondido, certamente não é a melhor alternativa, pois esse processo faz parte do conhecimento e do envolvimento mais profundo em qualquer relacionamento. Portanto, mais do que querer negá-la é preciso reconhecê-la e enfrentá-la.

Cinco dicas para a ansiedade da paixão não te paralisar:

1ª) Saiba que quando nossos sentimentos são envolvidos num relacionamento, ou seja, quando a paixão é grande, certamente ficamos mais vulneráveis, mas isso é um bom sinal no sentido de poder revelar seus reais sentimentos e emoções.

2ª) Lembre-se que assim como você, a outra pessoa, se em sintonia e na mesma vibração, estará sentindo e vivendo os mesmos medos e inseguranças, portanto deixe a coisa rolar solta.

3ª) Procure não valorizar as preocupações ou angústias de como a outra pessoa irá receber essa ou aquela demonstração; seja você mesmo, original e autêntico. Só assim se fará ser conhecido verdadeiramente na sua essência.

4ª) Se perceber que a ansiedade está fugindo do controle gerando reações físicas ou mesmo te paralisando, procure algo para combater: um relaxamento, uma atividade física, não permita que ela cresça a ponto de gerar incômodos.

5ª) Tenha sempre em mente que a paixão é um sentimento dos mais intensos e inexplicáveis, portanto não queira entendê-lo, simplesmente solte-se, curta e deixe rolar. Aproveite e seja feliz!



Fonte: Vya Estelar

0 comentários:

Postar um comentário