sexta-feira, 1 de março de 2013

MULHERES JOVENS SÃO MAIS ESTRESSADAS


Pesquisa mostra que as mulheres mais jovens são as mais estressadas. Os números vêm da Inglaterra, mas podem dar um panorama geral de como anda o equilíbrio das mulheres em todo o mundo. Segundo levantamento realizado por uma marca de remédios, divulgado no jornal Daily Mail, o grupo que mais sofre desse tipo de problema está na faixa etária de 25 a 34 anos.

Segundo o estudo, o motivo de tanto estresse é tentar conciliar a carreira, que normalmente está engrenando, cuidar de filhos e ainda se preocupar com o futuro, o que inclui pagamentos com a prestação do imóvel. Em geral, 67% das mulheres se sentem pressionadas por algum desses fatores e encaram o estresse cerca de 208 vezes por semana.

As mulheres sentem mais os efeitos do estresse do que os homens e têm dificuldades em lidar com ele. Um quarto delas admitiu sentir-se sobrecarregada mais de oito vezes por semanas.

O levantamento feito com 2 mil adultos, entre homens e mulheres, mostra que a principal preocupação é com o dinheiro. Trinta e nove por cento temem não conseguir pagar as contas e 30% se estressa por não conseguir cumprir todas as tarefas ao longo do dia. Manter o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal estressa 22% dos entrevistados e 12% se preocupa com as decisões que podem afetar o futuro dos filhos.

Entre as mulheres, o que se destaca é a preocupação com as tarefas domésticas e com o relacionamento com o parceiro e outras. Já os homens surtam com longas jornadas de trabalho, trânsito e se estressam até se estão sentados no banco do passageiro, em vez de dirigir o carro.

Em dias muitos estressantes, 43% das mulheres perdem o sono, 41% atacam guloseimas e 21% admitiram consumir bebida alcóolica. Irritadas, tensas e cansadas foram as expressões usadas para descrever como ficam em dias estressantes, que também costumam gerar dores de cabeça e batimentos cardíacos acelerados



Fonte: Terra Comportamento




0 comentários:

Postar um comentário