segunda-feira, 4 de junho de 2012

OLHAR


Por Eliane Walther



É difícil acreditar
No que estou a olhar
Quando ao caminhar
Me deparo num único olhar

Olhar que antes sorria
Olhar que hoje chora

Acreditar numa verdade
Caminhar em direção ao olhar
Hoje é fácil notar
Como o tempo vem apagar

Minha alegria que tinha a comtemplar
E hoje apenas marcas há de deixar
Na minha face estampar

A tristeza de um olhar
Algumas lágrimas estão a rolar
Nesta face marcada pelo olhar

O sorriso pode comtemplar esta face
Mas a tristeza do tempo
É mais forte
E apagar é a única certeza
Que tenho a declarar

0 comentários:

Postar um comentário