terça-feira, 27 de dezembro de 2011

MUSEU DE BARBACENA



‎"Antes que você torça o nariz e sinta náuseas diante das faces grotescas e corpos arruinados pelos hospícios 

e pela vida, saibam que pelo avesso, eles falam de beleza, saúde, alegria, bem-estar e esperança.

Compare-se a estas pessoas (sim, são pessoas, membros da nossa espécie _homo sapiens_ gerados em 

ventres humanos) e descubra que a sua ocasional infelicidade, é insignificante, que sua ligeira depressão é 

frescura, que suas rugas são lindas e que o mundo chato em que você vive é o paraíso.

Estes infelizes, existem para lembra-lo que sua felicidade é mais real do que você imagina. Sinta-se igual a 

eles.

Você é apenas o outro lado da moeda..."

Edson Brandão

0 comentários:

Postar um comentário